As opções da virada em Brasília

Públicos ou privados, eventos de ano novo terão pausa para acompanhar a queima de fogos do Lago Paranoá.

Os brasilienses receberão 2019 com muita música. Pelo menos é o que se espera das festas organizadas pelo Governo do Distrito Federal. Sem contar com a Esplanada, onde tradicionalmente são realizadas as festas oficiais do GDF, o estacionamento do estádio Mané Garrincha (a partir das 18h) e a Praça dos Orixás, no Setor de Clubes Sul (com início às 20h), serão os locais das celebrações.

Com a Esplanada dos Ministérios isolada a partir do sábado (29) devido aos procedimentos de segurança para a posse presidencial, coube ao governo distrital buscar novas praças para a virada do ano oficial. Sede principal, o Mané Garrincha receberá um palco no estacionamento, e artistas de diversos gêneros musicais se apresentarão às vésperas da 0h.

No estádio, estão confirmadas as apresentações da cantora pop Babi Ceresa (18h às 18h40), dos rappers Rapadura Xique Chico (19h às 19h40) e Emicida (20h10 às 21h30), dos sertanejos Danilo e Daniel (21h50 às 22h30), e, para encerrar, a cantora Naiara Azevedo, que entra no palco pouco antes da queima de fogos e toca a festa até 0h30.

Já na Praça dos Orixás, os festejos começam mais tarde. A DJ Gabi J (20h às 20h40) inicia os trabalhos, seguida pela banda Surdodum (20h40 às 21h20). Durante a queima de fogos, Gabi J volta ao palco para animar a festa. À 0h30, a banda Ilê Ayê, primeiro bloco afro do carnaval de Salvador, abre o ano de 2019 ao som do axé baiano.

A Surdodum é uma banda de percussão criada em 1994, e promove o acesso de deficientes auditivos à música. O grupo, inclusive, já se apresentou na segunda posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Após o show da Surdodum, haverá manifestações religiosas, com cortejo, toque de atabaque e entrega dos balaios – as oferendas – no Lago Paranoá.

Trânsito

O fechamento da Esplanada dos Ministérios não é a única novidade para o ano novo em Brasília. No Mané Garrincha, poucas alterações. a partir das 10h de segunda-feira (31). Serão designadas áreas de embarque e desembarque de pedestres na via N1, em frente à Funarte, e no entorno do estádio, por onde se dará o acesso à área reservada do evento.

Mas as mudanças são maiores na Praça dos Orixás. Para facilitar a chegada de pedestres, e a circulação destes durante o evento, o acesso à L4 pela tesourinha da ponte Costa e Silva será bloqueado, bem como as vias laterais da ponte, para passagem de veículos autorizados. Entre 23h45 e 0h30, a ponte estará totalmente interditada.

Todas as modificações foram imputadas pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) em parceria com o Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

Custos

Foi aberto edital público para contratação das bandas, e o orçamento da festividade no Distrito Federal deve chegar à casa dos R$ 2 milhões, sendo R$ 500 mil gastos em pagamentos aos artistas e R$ 1,5 milhão para erguer as estruturas.

Reservados

Além das festas organizadas pelo poder público, os candangos podem optar pelas celebrações pagas. É o caso da virada no restaurante Rubayat. Lá, 2019 será recebido ao som do Trio Crochê, no embalo de clássicos da Bossa Nova e da MPB. Um cardápio exclusivo estará à disposição dos clientes.

Rap e eletrônica se encontram no réveillon do Yurb. O rapper Rael e o DJ Yuri Martins comandam a virada no complexo de contêiners. Além deles, a dupla Murilo e Benício tocam a primeira madrugada do novo ano ao som de muito sertanejo. Um pista eletrônica também estará disponível após a queima de fogos.

Na One, nova casa noturna da capital, a virada do ano terá comida e bebida liberadas. E também brinquedoteca. É o Réveillon Secret House, que promete música para todos os gostos com diversas atrações confirmadas.

No Pontão do Lago Sul, o Nossa Praia, com 17 anos de tradição, vem para sua décima oitava edição com a temática do Caribe Mexicano na decoração dos seus seis ambientes, variadas atrações musicais, lounges, áreas de alimentação e bares, com serviço de Open Bar e Open Food até o final da festa.

Preços, endereços e outras informações você confere na Agenda Cultural do Extrapauta.

Por Olavo David Neto, sob supervisão. 

28 de dezembro de 2018