CLDF aprova proposta de fim das sirenes escolares

Cláudio Abrantes é o autor da proposição aprovada em primeiro turno. Foto: assessoria/Divulgação.

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), em primeiro turno, o Projeto de Lei do deputado distrital Claudio Abrantes (PDT) em parceria com Robério Negreiros (PSD) que proíbe estabelecimentos de ensino marcarem o final das aulas com sirenes. O objetivo é tornar a demarcação entre horários com sons mais suaves, como músicas e poesias. Assim, alunos autistas não serão prejudicados pelos sinais.

O projeto foi aprovado em plena semana do Dia do Autismo, celebrado na terça-feira (2), instituído pela Organização das Nações Unidas para incentivar a conscientização acerca do tema. “Esse projeto foi um pedido feito por mães de autistas, uma vez que esse tipo de sinal causa neles um desconforto muito grande, podendo até mesmo trazer consequências sérias”, disse Claudio Abrantes.

 

 

4 de abril de 2019