Como morar na Europa: vistos e autorizações de residência na Espanha 

Por Kelly Kareline

Resolveu que quer mudar pra Europa e agora o que devo fazer? A primeira coisa é com qual visto ir. As regras para concessão de residência são variáveis entre os países da União Europeia. Muita gente no Brasil tem direito inclusive a cidadania, por meio de parentes que vieram da Europa. Não posso falar com propriedade sobre outros países, mas para quem considera a Espanha uma opção, aí vai uma breve descrição de alguns  vistos disponíveis. Só alguns, porque são tantas modalidades e combinações que tem muito advogado especializado nisso para ajudar a entender a legislação bem burocrática do país.

Vou falar principalmente das autorizações mais comuns, no entanto, são muitas as formas de se conseguir um visto espanhol. As informações sobre a tramitação completa você pode acessar aqui:
http://www.exteriores.gob.es/Consulados/SAOPAULO/pt/InformacionParaExtranjeros/Pages/VisadosDeLargaDuracion-SP.aspx

Visto de Residência com permissão de trabalho 

Esse é o visto mais desejado por quem deseja morar na Espanha. Uma permissão de residência que permita trabalhar. No entanto, é o visto mais difícil de se conseguir. O que na prática vem acontecendo é que apenas quem tem proposta de emprego formal na Espanha consegue. E não pode ser qualquer emprego. São empregos qualificados, onde empregador precisa justificar a necessidade de contratação de pessoa de fora da Espanha.

Visto de Residência não lucrativa 

Essa modalidade de visto tem sido muito procurada pelos brasileiros e um dos motivos é a possibilidade de se pedir nacionalide espanhola após dois anos vivendo como residente no país.  Esse visto é relativamente fácil de se conseguir, desde que você comprove os critérios. O  solicitante deve comprovar renda para se manter na Espanha durante o período. Ele é ideal para quem já se aposentou ou possui uma fonte de renda regular e deseja se mudar para a Terra de Cervantes. Além disso, é necessário ter um seguro médico privado.

Visto de Estudante

Esse visto é destinado a pessoas que vão fazer curso acadêmico, de pós-graduação, cursos de idiomas, voluntariado ou estágio na Espanha. É necessário apresentar a matrícula no curso, comprovar renda suficiente para se manter durante o período e apresentar seguro médico privado. Os familiares, cônjuges e filhos do interessado podem solicitar a autorização para morar junto. É importante ressaltar que é possível trabalhar com esse visto, a depender da quantidade de horas do seu curso. Ele não conta como tempo de residência, isso porque o domicílio do estudante, continua sendo o Brasil.

Visto pra investidores 

Se você tem interesse em abrir um negócio na Espanha, essa é a sua modalidade. Serve tanto para grandes investidores, como pequenos empreendedores, que precisam apresentar um projeto para mostrar como isso beneficiaria a região em que se pretende investir.

Tem alguma dúvida sobre os tipos de visto? Processo se nacionalidade? Deixe sua pergunta que vamos respondendo.

Até a próxima.
Acompanhe aqui é também no meu insta www.instagram.com/kellykareline
4 de outubro de 2018


1 Comentário

Comentários não permitidos.