Concurso busca marca para Brasília

Por Adelmir Santana

Marca Brasília

Por mais absurdo que pareça, muita gente ainda acredita que quem mora em Brasília é vizinho do presidente ou está envolvido em algum escândalo político. A população do Distrito Federal sabe que não é assim. Para desmistificar esses preconceitos, ajudar a representar de forma positiva a capital da República e fortalecer o turismo local, um grupo de instituições, agências de propaganda e veículos de comunicação lançou o concurso Marca Brasília. A nossa proposta é convidar a população a oferecer uma visão da cidade traduzida em um logotipo. O vencedor receberá R$ 20 mil em dinheiro. Mais importante do que isso, entrará para história como o criador de uma marca abraçada pela população brasiliense.

Projeto de todos

O concurso, capitaneado pela Câmara de Turismo da Fecomércio, não tem dono. Todas as entidades estão participando de forma voluntária e, ao final, a marca vencedora pertencerá aos próprios cidadãos. São três os pontos que esperamos enxergar: a essência da cidade, a característica que a faz única entre tantas outras e os atributos e vocações. Em síntese, procuramos uma ideia que seja capaz de inspirar quem vive ou visita Brasília da mesma forma como esta cidade inspira a todos nós a cada dia.

Como participar

Para validar a participação no projeto, o candidato deverá seguir as regras de envio que constam no edital do concurso. Entre elas: a proposta deve conter uma defesa técnica explicando o pensamento criativo da ideia. O interessado deverá submeter a sua marca pelo site www.marcabrasilia.com.br em um único arquivo, em formato digital, vetorial e na extensão PDF. A proposta deverá ter a identificação do número completo do CPF do candidato, sem pontos ou traços no arquivo. Em hipótese alguma serão aceitas marcas que contenham outras informações que possibilitem a identificação do participante.

Exemplo de sucesso

Há 12 anos, o Brasil escolheu uma marca para representar o País. A logo engrandeceu o Brasil como destino turístico, quando houve uma evolução no número de eventos internacionais, se inserindo entre os 10 maiores receptores de eventos. Além disso, antes da marca ser implementada o volume de dólares deixados no País era de 5,5 milhões, em 2003. Após a campanha, esse número subiu para 1,5 bilhões em 2006.

Prazo e requisitos

Os interessados em participar do concurso têm até 18 de agosto para enviar as suas sugestões de marca. O candidato também deve ser pessoa física, maior de 18 anos, brasileiro nato ou naturalizado, com residência e domicílio no País.

12 de julho de 2017