Daniel Donizet sobe a tribuna da Câmara e enquadra Administradora do GAMA

O Deputado indicou uma emenda parlamentar de 1 milhão, destinado para a educação do gama. Donizet reafirmou que falta competência da administradora em executar o serviço e que não vai admitir ameaças.

Em menos de seis meses de trabalho, o deputado que faz parte da bancada da renovação no DF, tem se destacado por participar de debates polêmicos ao utilizar os microfone da CLDF. Em fevereiro deste ano ocorreu um episódio polêmico, o suficiente para marcar Daniel Donizet como o deputado do presidente Bolsonaro na CLDF.

O primeiro choque

Foi no dia 26/2/2019, em que o deputado Chico Vigilante (PT), conhecido como o defensor dos corruptos, resolveu abrir a boca para chamar o presidente Bolsonaro de Presidente Capiroto e informar dados estatísticos não confiáveis. A informação do petista fez com que Donizet levantasse da cadeira e o confrontasse.

O desconforto com a administradora do Gama

Hoje não foi diferente, Daniel Donizet subiu a tribuna para mandar um recado direto para a Administradora do Gama e reforçou que a administradora além de limitar as ações dos parlamentares na região, vive ameaçando assessores do parlamentar.

O Governo do DF vai criar uma Agenda de Obrigações para os administradores regionais. As regras estão em elaboração pela Controladoria-Geral (CGDF). A ideia surgiu em razão de existirem milhares de leis e decretos que devem ser cumpridos pelos agentes públicos, mas que a maioria deles desconhece. Além disso, não existe nenhum documento consolidado deste tipo para a consulta. O problema é que não se vê nenhuma ação do governo para barrar as crises políticas de administrador querendo ser o futuro deputado e de deputado querendo mostrar trabalho na região que obteve o voto.

Enquanto isso, as administrações continuam com as danças das cadeiras, pouca eficiência e muita promessa a se cumprir. Não é necessário escrever uma matéria detalhando a ineficiência das administrações, basta andar nas ruas das cidades satélites, a propaganda do SOS não está convencendo a população do DF. Vamos aguardar para ver se haverá novos Daniel Donizets, ou se a CLDF se silenciará por haver acordos políticos.

 

Com informações da assessoria de imprensa do deputado Daniel Donizets

24 de abril de 2019