Dúvidas sobre Cadastro Positivo? O Serasa lista 10 mitos e verdades sobre o sistema

O cadastro negativo ou lista de inadimplentes é bem conhecido do povo. Já virou até música. Mas você sabia que também existe o Cadastro Positivo? Você conhece bem esse registro da pontualidade no pagamento das contas?
Confira 10 mitos e verdade sobre o Cadastro Positivo e veja se você sabe mesmo como ele funciona.

1 – Cadastro Positivo é pago
Mito! O consumidor que deseja abrir o seu Cadastro Positivo pode autorizar a abertura sem pagar nada por isso. Na Serasa, você pode fazer de três forma diferentes, pelo site, nas agências ou por carta.
Confira como abrir o seu Cadastro Positivo grátis

2 – Ele é regulamentado pelo governo
Verdade! O Cadastro Positivo é regulamentado pelo governo, e a lei vale para todo o país. Mas não é o governo quem faz a administração do histórico de pagamentos.

Ele é administrado pela iniciativa privada, sem exclusividade. A Serasa é uma das empresas aptas e com as ferramentas tecnológicas adequadas para trabalhar com o Cadastro Positivo.

3 – Ele não tem efeito no Serasa Score
Mito! O Cadastro Positivo pode ser um dos grandes aliados de quem precisa aumentar o score. Seu histórico de pagamento de contas e o quanto você paga em dia financiamentos e empréstimos influenciam a pontuação.

4 – Bancos também participam
Verdade! Bancos fazem parte das empresas que enviam informações para o Cadastro Positivo. Além do pagamento de contas e de compras em cartão, eles também incluem os dados sobre eventuais empréstimos e financiamentos.
Além dos bancos, outras empresas que usam o histórico de pagamento são as financeiras, as prestadoras de serviços em geral e o comércio.

5 – Todas as informações da compra ficam visíveis
Mito! Uma das dúvidas que geram esse mito é sobre quais informações são coletadas. Constam dados como valor contratado, seja no crediário, financiamento ou empréstimo, e número, valor e data de vencimentos das parcelas.
Além disso, contas de consumo (água, gás, telefone fixo e luz) também poderão ser utilizadas como referência. Já os dados de telefonia celular pós-pago não entram neste processo.

6 – Meus dados ficam protegidos
Verdade! O Cadastro Positivo é seguro. As informações contidas nele só podem ser usadas para análise de crédito e de negócios. Os dados não podem ser usados para marketing ou outras atividades.
E as empresas aptas a operar e receber seus dados positivos contam com ferramentas tecnológicas adequadas para garantir a segurança das informações.

7 – Cadastro Positivo não tem benefícios para o consumidor
Mito! Entre as vantagens de quem tem o Cadastro Positivo estão a avaliação mais justa de crédito. O consumidor também tem a possibilidade de conquistar melhores taxas e condições de pagamento.
E com isso, fica mais fácil ter aprovação no pedido de financiamentos, empréstimos e outras compras a prazo. O que representa também uma diminuição da burocracia nas consultas.
Então o que de fato você ganha com o histórico financeiro? Uma análise individual e mais completa ao seu pedido de crédito.

8 – Vários tipos de conta são considerados
Verdade! As contas que fazem parte do Cadastro Positivo são as de água, luz, telefone fixo e TV a cabo.
Também são incluídas as informações sobre crediários, financiamentos e empréstimos. As contas de telefone celular pós-pagas não fazem parte do histórico.

9 – Ele não pode ser cancelado
Mito! Você pode solicitar a exclusão do Cadastro Positivo a qualquer tempo e também é gratuito. Para fazer a exclusão, basta solicitar formalmente à empresa que você realizou a adesão ou no birô de crédito.

10 – Até quem tem nome sujo pode ter Cadastro Positivo
Verdade! Mesmo quem está com nome negativado pode ter o histórico de pagamentos. Assim, as contas pagas são consideradas, e as empresas poderão avaliar melhor o seu currículo financeiro.

Agora que você já conhece como funciona o Cadastro Positivo e as vantagens que você tem com ele, que tal abrir seu histórico de pagamentos?

Fonte: Serasa Consumidor

19 de setembro de 2017