Estudantes aceitam desafio de Paula Belmonte e vão sugerir projetos de lei

Nesta última sexta-feira (26), a deputada federal Paula Belmonte visitou a Escola Classe 01 de Porto Rico, e, em Santa Maria, a Escola Classe 203 e o Centro de Ensino Fundamental 316. Nas três unidades, lançou um desafio aos estudantes: que formulem um Projeto de Lei para ser entregue ao gabinete dela na Câmara dos Deputados. A ideia é levar o documento para análise da consultoria da casa e, quem sabe, levar o conteúdo adiante. “Vejo que é preciso trazer a política para perto do cidadão desde cedo”, explicou.

O desafio foi lançado após ouvir as demandas da comunidade escolar. Em Porto Rico, por exemplo, Vinícius Martins, aluno do quinto ano, questionou a deputada sobre a possibilidade de realizar obras na sua escola. “A escola vai ficar desse jeito?”, perguntou. Durante a visita, que foi acompanhada pela deputada distrital Jaqueline Silva, foi informado que há recurso com a Novacap para melhorias na unidade, mas faltam as empresas para executar a obra.

Além disso, a administração de Santa Maria vai ceder um terreno para a construção de creche na região de Porto Rico. Com a notícia, a deputada federal se colocou à disposição para trabalhar com a Secretaria de Educação para a abertura e a melhor utilização do espaço. Fernando Reis, professor de Atividades, relatou dificuldades na limpeza da unidade, a precariedade do refeitório. “Isso é consequência da falta de recursos do PDAF para manter a escola”, afirmou.

No CEF 316, de Santa Maria, profissionais também acusaram a falta de investimentos do programa desde fevereiro de 2018. Segundo o diretor Fortunato Pereira, toda a documentação foi entregue na época certa e não há dívidas na unidade. Em contato com a Secretaria de Fazenda, a deputada Paula Belmonte recebeu a notícia da liberação de R$ 20 milhões na última semana para escolas que estão regularizadas.

Na Escola Classe 203, as queixas são pela ausência de socorristas, faixas de pedestre e estacionamentos, calçadas com acessibilidade, pinturas, bancos e manutenção dos parquinhos. A situação compromete o embarque e o desembarque de crianças na porta da unidade. Profissionais da unidade agora pedem ao novo governo uma solução urgente para as crianças da região. A deputada federal ressaltou que é imprescindível fiscalizar.

 

Com informações da assessoria de imprensa da deputada federal Paula Belmonte

29 de abril de 2019