Evento com emenda de distrital vira cenário de campanha eleitoral

A noite chuvosa do último sábado não impediu que centenas de pessoas fossem à Casa do Cantador, na Ceilândia, prestigiar a realização do 1º. Festival de Viola Caipira do Cerrado. O desconforto mesmo ficou por conta do uso eleitoral escancarado de um evento repleto de figuras simples da área rural do DF e do Entorno.

Autointitulada madrinha do evento – para o qual destinou R$ 119.800 em emenda parlamentar – a deputada distrital Luzia de Paula, do partido do governador, o PSB, foi saudada pela organizadora do festival como eterna parceira dos violeiros. Sem meias palavras, a organizadora disse que Luzia “pode contar com o apoio da nossa comunidade no ano que vem”. Na mesma linha, o locutor do festival disse que “não voto em Brasília, mas, se votasse, a senhora (deputada Luzia de Paula) teria meu voto”.

Em locais de destaque da Casa do Cantador a assessoria da deputada espalhou faixas alusivas à parceria. Em suas redes sociais Luzia de Paula também citou a participação dela no evento, mas não citou a destinação de emendas nem tampouco ousou fazer campanha política. Mas quem se arriscou no frio e na chuva de Ceilândia no sábado à noite, este sim, viu e ouviu o quanto uma emenda parlamentar pode, despudoradamente, ser explorada com fins eleitorais.

17 de novembro de 2017