Exames radiológicos nas UPAs aos fins de semana a todo o vapor

De julho a novembro, foram realizados 2.088 procedimentos aos domingos e 2.179 aos sábados, com média mensal de 247 exames de imagem.

O ano de 2019 trouxe grandes avanços para a saúde do brasiliense. Além do crescimento de 241% por mês no número exames realizados nas UPAs entre julho e novembro, o cidadão hoje sabe que pode contar com esse serviço também durante os finais de semana. Desta forma, foram registrados mensalmente, em média, 247 exames radiológicos por mês nas Unidades de Pronto Atendimento presentes no DF aos sábados e domingos.

O número é altamente expressivo e leva em consideração os meses de julho a novembro. Para se ter ideia, apenas aos domingos, o total de exames realizados nesse período foi de 2.088 procedimentos. Aos sábados, número perfaz um montante ainda mais significativo, com 2.179 exames concluídos.

Os dados foram fornecidos pela empresa Diagnose, responsável pelos exames de imagem nas UPAs, no Hospital de Base e no Hospital de Santa Maria.

Um dos fatores que contribuem para esse resultado é o fato de, além de o serviço ter ganho consistência, o brasiliense hoje sabe que pode contar com as UPAs, tendo em vista que as unidades têm uma preocupação real com o com o bem-estar do paciente e com o bom atendimento ao cidadão.

O atendimento nas UPAs, aos finais de semana e feriados, ocorre de forma ininterrupta, 24 horas por dia, assim como durante os dias úteis. As unidades estão presentes em Ceilândia, Núcleo Bandeirante, Recanto das Emas, Samambaia, São Sebastião e Sobradinho. O trabalho da Diagnose nas UPAs teve início no dia 22 de julho deste ano.
HRSM
No Hospital de Santa Maria, os números também são alvissareiros. A média mensal de exames radiológicos realizados subiu de 4.197 nos seis primeiros meses do ano para 7.247, também de julho a novembro. Os índices remontam à assunção do serviço pelo Iges-DF. A Diagnose também está presente na unidade.

O HRSM realiza exames de imagem de raio-X, ecografia e tomografia computadorizada.

 

 

7 de janeiro de 2020