Ibaneis atende distritais e desiste de nomear Daniel Donizet no GDF

Daniel Donizet

Mal foi reacomodado na Administração Regional do Gama, o deputado distrital Daniel Donizet (PSDB) terá de adiar seus planos de voltar a integrar o Executivo local. O parlamentar foi nomeado nesta quarta-feira (10/07/2019), mas o ato será tornado sem efeito por decisão do governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB).

O recuo do chefe do Executivo ocorreu após investidas de deputados aliados, que reivindicaram a permanência do parlamentar na Câmara Legislativa. A estratégia atende, por tabela, outra solicitação dos distritais: impedir que a primeira suplente do tucano, Kelly Bolsonaro (Patriota), assuma a vaga.

No curto prazo em que ocupou uma cadeira de distrital, a substituta teve atuação polêmica. Um caso emblemático foi quando teceu críticas ao ex-deputado Juarezão, um dia após a morte dele. A então mandatária publicou um texto, no Facebook, o qual dava a entender que o ex-distrital teve culpa no próprio acidente fatal. Na publicação, Kelly afirmou que ele morreu justamente na rodovia BR-080, em relação à qual Juarezão havia prometido conseguir a duplicação.

Mudança de planos

Daniel Donizet confirmou a mudança de planos. “Depois de conversar com o governador Ibaneis, decidimos em conjunto que é melhor manter minha permanência na Câmara Legislativa. Ainda há projetos importantes de minha autoria que devem ser votados e emendas parlamentares que serão destinadas para setores que necessitam de recursos, como saúde e educação. Nesse sentido, continuarei a exercer minhas funções como deputado e ouvidor da Casa”, disse à coluna.

Com informações do Metrópoles

10 de julho de 2019


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*