Reforço: Secretaria de Saúde convocará 561 aprovados em concurso

Ibaneis Rocha e representantes da saúde distrital. Foto: Renato Alves/GDF.

A saúde do Distrito Federal terá reforço. Em anúncio feita na última terça-feira (29) o secretário da área, Osnei Okumoto, prometeu a contratação de 561 candidatos aprovados num concurso de 2014, além do pagamento de benefícios aos servidores já em atuação nas unidades hospitalares do DF. O investimento total chega aos R$ 300 milhões, e todas as ações serão detalhadas em fevereiro.

As reivindicações da categoria foram ouvidas, e a carga horária dos servidores subirá de 20 para 40 horas semanais. As licenças-prêmio, convertidas em pecúnia, serão pagas em até 36 vezes. Juntas, somam R$ 140 milhões. O banco de horas dos profissionais também será ampliado: de 30 para 180 dias.

No aguardo desde 2014, 561 aprovados em concurso público serão convocados pela Secretaria de Saúde. Dentre eles, 296 técnicos de enfermagem, 19 enfermeiros, 162 médicos, 48 auxiliares e 36 especialistas a serem distribuídos entre as unidades de saúde pública.

Mudanças estruturais

Foram reorganizadas as Portarias nº 77 e nº 78 da pasta. Enquanto a primeira estabelece a política de Atenção Primária à Saúde do DF, a segunda versa sobre o processo de conversão da Atenção Primária à Saúde do DF ao modelo da Estratégia Saúde da Família.

30 de janeiro de 2019


1 Comentário

Comentários não permitidos.