Saiba como substituir o açúcar branco no dia a dia

Especialista aponta que o consumo excessivo de açúcar é prejudicial à saúde e indica opções para substituí-lo

No momento de começar uma dieta, geralmente a parte mais difícil é cortar os doces. E é consenso que o açúcar refinado é um dos alimentos mais prejudiciais à saúde, principalmente quando consumido em excesso. Na contramão desta atual consciência de vida saudável, o Brasil é rankeado como o 4º maior consumidor de açúcar do mundo, segundo levantamento feito pela Sucden, multinacional do ramo açucareiro.

Mas, afinal, o que é o açúcar? De acordo com o nutricionista Daniel Novais, trata-se de, nada mais, nada menos, que carboidratos cristalizados e comestíveis. “O açúcar é uma substância totalmente vazia, com alto valor calórico e nenhum valor nutricional, que tem a única função de dar o gosto doce às receitas. Ou seja, não agrega em nada e ainda pode causar diversos malefícios para quem o ingere sem parcimônia”, explica.

Porque evitar?
O mal mais conhecido que o açúcar causa é o ganho de peso, por ter alto valor calórico e alterar a produção da leptina, o hormônio da saciedade. Mas engordar é apenas uma das consequência da ingestão de açúcar. “Por ser um carboidrato, seu excesso aumenta os níveis de triglicerídeos e insulina, o que favorece doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes, entre outras coisas”, alerta Daniel.

Como substituir?
Por mais agradável que o açúcar seja ao paladar, não quer dizer que ele não possa ser substituído por outros produtos adoçantes, tanto em receitas quanto para adoçar cafés e sucos. “Existem ótimas opções de adoçantes mais saudáveis, como stevia, mel, melado de cana, xilitol e eritritol. Sem contar com o próprio açúcar, mas em versões não refinadas e mais naturais, como o de coco, o orgânico e o demerara”, indica o profissional.

Porém, para finalizar, o nutricionista lembra que mesmo as opções mais saudáveis não devem ser consumidas exageradamente. “O segredo de tudo é o equilíbrio. Mesmo o açúcar branco e refinado não precisa ser banido, apenas em casos de saúde, como diabetes. Mas se o problema for o ganho de peso, o exagero no mel, por exemplo, vai ser tão prejudicial quanto o do açúcar”, garante. Ou seja, sentiu vontade de comer um docinho? Se não puder optar por uma opção mais saudável, basta comer em pequenas quantidades e escolher o momento certo.

26 de julho de 2019


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*