Secretaria no Entorno do DF abre e ALAP fecha inscrições nesta terça-feira

São oferecidas 129 vagas e formação de cadastro reserva. Os salários podem chegar a R$ 11 mil
Com o prazo de inscrições se iniciando nesta terça-feira (12/11), o município de Cristalina, em Goiás, cidade que compõe o Entorno do Distrito Federal , oferece formação de cadastro reserva para contratação temporária de professor substituto.

De acordo com o regulamento do processo seletivo simplificado, disponibilizado pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura, a remuneração tem como referência os vencimentos básicos do Piso Nacional de 2019 e carga horária pode variar entre 20 horas/aula semanais e 40 horas/aula semanais conforme a necessidade de substituição dos professores.

As inscrições são gratuitas e bem rápidas: de 12 a 14 de novembro. Para tanto, o candidato deverá entregar fotocópias (todos na mesma folha) do RG, CPF, comprovante de endereço atualizado, exclusivamente na sede da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, localizada na Praça Otto Mohn, Rua Tamoios s/n – Centro, Cristalina-GO e Escola Municipal Souza Lima, localizada em Campos Lindos , distrito de Cristalina e ter preenchido o Formulário de Cadastramento disponível aqui educacao.cristalina.go.gov.br.
O edital reserva 5% das vagas a pessoas com deficiência.
A seleção será composta apenas por provas objetivas. Os locais de aplicação serão divulgados em 15 de novembro. A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de 50 itens, de certo ou errado e valerá 100 pontos. A fase terá a duração de três horas e será aplicada na data provável de 1º de dezembro, no turno da tarde.

O cronograma oficial prevê que os aprovados sejam convocados em 13 de janeiro do ano que vem.

ALAP

A Assembléia Legislativa do Amapá (ALAP) aceita inscrições para o concurso público que oferece 129 vagas, além de formação de cadastro reserva, somente até as 14h de hoje! O sinteressados devem correr para sde cadastrar no site da banca organizadora, a Fundação Carlos Chagas (FCC). As taxas variam de R$ 80 a R$ 140.
As chances de nível superior são para analista legislativo, com subsídio de R$ 10.128,90. Há chances para graduados em direito, administração, economia, estatística, ciências contábeis, letras, relações internacionais, engenharia, pedagogia, história, geografia, biblioteconomia, psicologia, assistência social, pedagogia, enfermagem, contabilidade, comunicação social (jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas) e tecnologia da informação. Há ainda chances para o cargo de advogado legislativo – procurador, que tem subsídio de R$ 11.395,01.
Já para nível médio, as chances são para assistente legislativo, com subsídio de R$ 5.064,45. As oportunidades são para atuação nas especialidades de assistente administrativo, de operações técnicas, de segurança, de registro de imagens, assistente legislativo, de contabilidade e de informática. Algumas funções ainda exigem habilitação técnica específica na área. Há ainda vagas para auxiliar operacional e de transportes, com subsídio de R$ 3.798,34.

Todos os cargos ainda receberão como R$ 1.000 de auxílio alimentação. O edital reserva 5% das chances a pessoas com deficiência e 20% a candidatos negros.

Saiba mais aqui! 

Com informações da Agência Brasília

12 de novembro de 2019