Sem Rollemberg, GDF inaugura praça no TaguaPark

Inauguração oficial da Praça do Respeito.

Neste sábado (22), o Governo do Distrito Federal inaugurou oficialmente a Praça do Respeito, no TaguaPark, em Taguatinga. As autoridades presentes celebraram a obra, concluída há duas semanas. A cerimônia foi aberta pela banda do Corpo de Bombeiros Militar do DF. A solenidade contou também com ações de conscientização do DETRAN e do DER.  

Sem Rollemberg, Menegotto foi a principal autoridade do evento.

Sem aviso, Rodrigo Rollemberg se ausentou da cerimônia, estrelada então pelo presidente da Novacap, Júlio Menegotto. Karolyne Guimarães e Charles “Guerreiro”, administradores de Taguatinga e Vicente Pires, respectivamente, marcaram presença. Além deles, o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Antônio Coimbra, também esteve no evento.

Foram investidos R$ 645 mil no projeto, que abrange área superior a 17 mil metros quadrados. São 50 bancos, 30 paraciclos, 14 pergolados e 22 lixeiras à disposição do público. O espaço foi projetado para todas as idades, desde crianças adeptas de brincadeiras a adultos em busca da forma física ideal.

A Praça do Respeito já se integra ao projeto Brasília Capital dos Ipês. São 26 mudas plantadas nos arredores do local que, quando crescerem e florescerem, darão um colorido todo especial ao TaguaPark. A iniciativa busca a valorização da árvore que se tornou símbolo da capital durante a estiagem.

Apelo popular

A praça foi bem recebida pelos frequentadores do TaguaPark. Entusiasta dos patins, Sabrina Rosa, 13, conheceu a praça há mais tempo. Na quarta aparição por lá, já se familiarizou ao terreno.”É muito bom andar aqui, é bem liso, não tem buraco, as rodas não travam”, comemora a estudante. “Estão de parabéns pela obra”, completa.

Poliana Pétala, instrutora de uma turma de CrossFit, aprovou a nova praça. “Os equipamentos ficaram ótimos, tudo muito lindo”, diz, na área de barras fixas, a moradora de Vicente Pires. A satisfação, porém, não se estende à gestão Rollemberg. “Não tem como aprovar esse governo vendo o que acontece lá”, crava a professora.

Patinadoras aprovaram o piso da Praça do Respeito: “Não trava, não tem buraco. Muito bom de andar”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Olavo David Neto, sob supervisão.

 

 

22 de dezembro de 2018