Taguatinga recebe atendimento social de nutrição para quem não tem condições financeiras

Nutricionista oferece consultas populares para pessoas de baixa renda

O direito à alimentação de qualidade todos têm, mas nem todos conseguem. A baixa renda, falta de tempo, por exemplo, são fatores que prejudicam. É sabido que as pessoas mais carentes sofrem com falta de acesso e por isso não vão com frequência aos consultórios. Mas como resolver então para ter uma alimentação saudável e um acompanhamento? Uma clínica em Taguatinga resolveu abrir as portas e ajudar quem precisa.

Para quem não tem plano de saúde e está sem condições financeiras de pagar o valor de uma consulta, a clínica Viver Nutrição e Gastronomia decidiu cobrar um valor simbólico de R$ 80 para quem precisa de consulta e acompanhamento. A ideia é ajudar tanto aqueles que querem dar uma atenção a mais aos hábitos alimentares como quem precisa de acompanhamento nutricional constante, como hipertensos, diabéticos, pessoas com alergias ou restrições alimentares.

“Nós constatamos que as pessoas mais carentes precisam ser atendidas. Todos precisam ter acesso a um profissional de nutrição e muitos não têm condições, então decidimos fazer esse atendimento social”, explica a nutricionista do consultório Camila Pedrosa.

Como participar

Para ter consulta e acompanhamento basta entrar em contato pelos telefones (61) 98148-1010 ou (61) 2017-2747. O consultório fica em Taguatinga Sul. O valor simbólico é de R$ 80.

www.vivernutricaoegastronomia.com.br

12 de setembro de 2019