Universidade americana quer instalar campus em Brasília

Vice-governador Paco Britto recebeu representantes da Broward University, que pensam em expandir o negócio para o DF. Foto: Vinícius Melo/Agência Brasília

Em busca de expansão no Brasil, o presidente da Broward University, Gregory Adams Halle, reuniu-se com o vice-governador Paco Britto, nessa última terça-feira (3), no Palácio do Buriti. A ideia é ampliar esse sistema americano no solo brasileiro, que, atualmente, conta apenas com um campus em Belo Horizonte (MG).

Paco Britto recebeu a ideia com entusiasmo, por entender que a instalação do campus na cidade vai girar a economia do Distrito Federal e proporcionar um aprendizado de qualidade. “É uma oportunidade interessante para os brasilienses. Vejo com bons olhos a proposta”, frisou.

Entre outros acertos, visando à possibilidade da abertura na capital federal, ficou definido que será realizada, na semana que vem, reunião entre a coordenação da universidade americana e o Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Projetos Especiais, com a presença do secretário Everardo Gueiros.

Mercado
O diretor-executivo da Broward University, David Moore, ratificou o interesse em Brasília. “Vamos abrir mais um campus no Brasil e estamos estudando o mercado para começar o projeto. Brasília reúne as condições necessárias para isso”, pontuou.

Moore explicou que o curso possibilita dois anos de base, que poderão ser usados em qualquer curso superior nos Estados Unidos. Com mais dois anos, o interessado poderá ter o grau de Bacharel. Participaram também do encontro o assessor jurídico, Joel Gomes Filho, e o professor de Filosofia, Pedro Oliveira.

Saiba mais
A Broward University é a primeira universidade americana em solo brasileiro. A instituição desenvolveu o sistema AA, cujo programa tem como objetivo principal montar uma estrutura específica para o Brasil, onde são ministradas aulas presenciais, em inglês, como se essas fossem aplicadas nos Estados Unidos.

Os professores são americanos, ingleses, indianos, brasileiros e de outras nacionalidades, desde que atendam às exigências do sistema americano de ensino superior. O material didático e o conteúdo programático seguem rigorosamente o sistema americano.

Na conclusão do curso, os alunos recebem um certificado (habilitação), que possibilita concluir curso superior na Broward College – universidade pública sediada na Flórida, que iniciou suas atividades em 1960, onde já passaram mais de um milhão de alunos – ou em uma outra universidade da escolha do estudante.

 

Com informações da Agência Brasília

4 de dezembro de 2019


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*