Visita ao Congresso em janeiro pode ser feita sem agendamento e com roupas informais

Durante o recesso parlamentar de janeiro, a visita ao Congresso Nacional pode ser realizada sem necessidade de agendamento. Nesse período, em que não há atividade legislativa, também é permitido o acesso do público com trajes informais, como bermuda, short, camiseta regata e chinelo, segundo o chefe do Serviço de Visita Institucional, Marcus Bennett.

Qualquer pessoa pode participar da visita, realizada de segunda a domingo, das 9h às 17h30. As saídas ocorrem a cada 30 minutos. Os visitantes devem se dirigir ao Salão Negro, que é acessado pela Chapelaria, de segunda a sexta-feira, e pela rampa principal do Palácio do Congresso, nos finais de semana e feriados.

Os grupos passam pelos principais salões do Palácio, visitam o Museu do Senado, conhecem as obras de arte expostas nas duas Casas e recebem informações sobre a história e o papel do Legislativo. No mês de janeiro, a visita inclui a exposição As Fallas do Throno, no Salão Negro, que mostra 73 manuscritos originais de discursos feitos na abertura e no encerramento das sessões legislativas da Assembleia-Geral na época do Império, entre 1826 e 1889.

A visita, com duração aproximada de 50 minutos, é organizada conjuntamente pelas equipes de Relações Públicas do Senado e da Câmara dos Deputados.

Mais informações podem ser vistas em http://www2.congressonacional.leg.br/visite.

Fonte: Agência Senado

8 de Janeiro de 2018


Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*